Pages

Páginas

domingo, 25 de janeiro de 2015

#CantinhodaCultura

Aleijadinho - Exemplo de Vida

Aleijadinho (Antônio Francisco Lisboa) nasceu em Vila Rica no ano de 1730 (não há registros oficiais sobre esta data). Era filho de uma escrava com um mestre-de-obras (português).
Iniciou sua vida artística ainda na infância, observando o trabalho de seu pai que também era entalhador.
Por volta de 40 anos de idade, começa a desenvolver uma doença degenerativa nas articulações. Não se sabe exatamente qual foi à doença, mas provavelmente pode ter sido hanseníase ou alguma doença reumática.
 Aos poucos, foi perdendo os movimentos dos pés e mãos. Pedia a um ajudante para amarrar as ferramentas em seus punhos para poder esculpir e entalhar. Demonstra um esforço fora do comum para continuar com sua arte. Mesmo com todas as limitações, continua trabalhando na construção de igrejas e altares nas cidades de Minas Gerais.
Na fase anterior a doença, suas obras são marcadas pelo equilíbrio, harmonia e serenidade.
São desta época a Igreja São Francisco de Assis, Igreja Nossa Senhora das Mercês e Perdões (as duas na cidade de Ouro Preto).
Aleijadinho com seu estilo inconfundível traçava a planta a ser construída e supervisionava a construção. Terminada a obra, fazia os trabalhos de acabamento, dava seu toque aos frontispícios, às portas, imagens e púlpitos.
Mesmo sofrendo vários preconceitos pela sua condição de mestiço, sua genialidade acabou por consagrá-lo como escultor e projetista admirável. O maior gênio na arte colonial no Brasil.
 Em 1777, no auge de sua fama, surgiram os primeiros sinais da Lepra ou da sífilis, não se sabe ao certo, doença que o debilitou mas não interrompeu suas atividades. Um ajudante o levava para toda parte e atava-lhe às mãos o cinzel e o martelo e a régua.
A obra de Aleijadinho mistura diversos estilos do barroco. Em suas esculturas estão presentes características do rococó e dos estilos clássico e gótico. Utilizou como material de suas obras de arte, principalmente a pedra-sabão, matéria-prima brasileira. A madeira também foi utilizada pelo artista.
Morreu pobre, doente e abandonado na cidade de Ouro Preto no ano de 1814 (ano provável).
O conjunto de sua obra foi reconhecido, infelizmente, depois de muitos anos após sua morte.
 Atualmente, Aleijadinho é considerado o mais importante artista plástico do barroco mineiro.

                              
Mais um exemplo de luta e determinação em favor da Arte.
Homem guerreiro e exemplo de superação frente a sua vida.
Você ainda tem dúvida do talento negro brasileiro?
Veja dois exemplos de seu talento:





















Blog do Maurício Goulart
Evelyn
Verão 2014/2015



sábado, 24 de janeiro de 2015

#TalentosdoMaurício

Campanha do Maurício
Os alunos dos 2º e 3ºanos ficaram responsáveis pela elaboração de cartazes para combater o bullying na EMEF Maurício Goulart.
O trabalho foi realizado depois de discussões, observações na escola e fundamentação teórica sobre o que é bullying e quais são suas vítimas.
Neste especial de férias esperamos que gostem...
Equipe Blog do Maurício
Verão 2014 /2015

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

#Metrópole

Caminhos da Floresta
Uma bruxa (Meryl Streep) está decidida a dar uma lição em vários personagens famosos dos contos de fadas, como Chapeuzinho Vermelho, Cinderela e Rapunzel. Cabe a um padeiro e sua esposa a tarefa de enfrentá-la, de forma a colocar as histórias e seus personagens em ordem.
Ficha Técnica
Título: Caminhos da Floresta
Dirigido por: Rob Marshall
Gênero: Família, Fantasia e Comédia Musical
http://www.adorocinema.com/filmes/filme-201517/

No final das férias aproveite e vá ao cinema com a família/ amigos.

           
Equipe Blog do Maurício
Verão 2014/2015

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

#MomentoLeitura

O Mercador de Veneza

Trata-se de uma das obras mais polêmicas do célebre dramaturgo inglês. Escrito no findar dos anos 1500, época em que os judeus estiveram ausentes da Inglaterra (foram expulsos em 1290, e só seriam novamente aceitos em 1655), capta as chocantes caricaturas feitas pelos ingleses.
Em O Mercador de Veneza, o personagem que mais chama a atenção não é o mocinho, e sim o vilão, criado para dar um tom cômico à peça.
Ficha técnica
Título: O Mercador de Veneza
Autor: William Shakespeare

 Clássico universal com a versão gratuita para baixar.
Não existem desculpas para não ler.
http://livros.universia.com.br/2013/03/01/faca-o-download-gratis-do-livro-o-mercador-de-veneza-de-william-shakespeare/

 Flash Back - Quadrinho

Equipe Blog do Maurício
Verão 2014/2015

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

#PlanetaVerde

Flash Back - Tecnologias a favor do Meio 

Ambiente

Avanços tecnológicos ocorrem ao passar dos dias e os fabricantes e idealizadores dessas evoluções se preocupam cada vez mais com o meio ambiente.
É perceptível a mudança nos hábitos dos empreendedores ao se preocuparem com o meio ambiente quando inventam alguma tecnologia. Essa conscientização pode ser explicada, talvez, pelo fato das consequências dos impactos ambientais terem afetado o bolso dos próprios criadores, seja direta ou indiretamente.
O que se destaca, então, é o grande índice de novas tecnologias criadas para tentar combater o desperdício abusivo de resíduos prejudiciais ao meio ambiente. Criar modelos de eletrônicos que gerem mais economia e tenham uma durabilidade maior. Feitos com produtos menos poluentes e que, de certa forma, podem ser recicláveis.
A Apple, por exemplo, começou a se preocupar com seus produtos desde 2007, após serem acusados por negligência ecológica. Steve Jobs, por sua vez, cumpriu o prometido e passou a produzir mercadorias com componentes que causassem menos danos ao meio ambiente. Exemplo disso foi quando eliminou substâncias tóxicas na produção de seus produtos e passou a usar alumínios e vidros recicláveis.
Destaque também para a indústria têxtil, que em 2010 recebeu uma tecnologia apresentada por uma empresa dinamarquesa, a Novozymes – que possui filial no Brasil. A ideia da máquina é diminuir a quantidade de água usada para a fabricação dos tecidos, que se totaliza em 70 mil litros a menos e deixa de lançar 1000 quilos de gás carbônico para cada tonelada de malha fabricada.
Indústria automobilística também é uma outra grande revolução tecnológica que permite a usabilidade de carros elétricos, podendo ser a bateria ou os híbridos. 
Pequenas invenções, mas de grande rentabilidade, já foram desenvolvidos para o melhor funcionamento do ciclo de consumo ecológico. Muitos deles utilizam à luz solar como fonte alternativa. Carregador como entrada USB movido a luz solar e outro bem moderno em forma de Bonsai, que além de ter várias placas que captam a luz solar e recarregam seus eletrônicos, serve, também, como enfeite.
CELULARES que viram flores, notebooks feitos de bambu, mouses produzidos através de plásticos reciclados e porquinhos eletrônicos (cofres) que liberam energia apenas ao colocar moedas, para que as crianças, principalmente, saibam o quanto é valiosa a energia, já estão no mercado e a tendência é aumentar.
A cada dia que passa as indústrias se adaptam a moda de ser sustentável e os impactos ambientais tendem a diminuir. A intenção, os inventores e os benefícios são muito positivos!
http://www.usjt.br/universo_sustentavel/index.php/arquivo-de-noticias/191-tecnologias-a-favor-do-meio-ambiente-.html?gclid=CjwKEAjwkrmhBRD49Mbm_MvruWsSJAAEDt13hm-wVpcYZHKR7iShY44zYkz2lzoyYfYnDe0dAlWVXxoC3hLw_wcB

Equipe Blog do Maurício
Verão 2014/2015

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

#NaRua

Cidade Tiradentes – Clube Escola

Confira os principais benefícios da prática regular de exercícios e motive-se para dar início a uma atividade:
1) Exercício ajuda a diminuir e controlar o peso.
2) Diminui o risco de doenças no coração, pressão alta, osteoporose, diabetes e obesidade.
3) Melhora os níveis de colesterol sanguíneo.
4) Aumenta as taxas do bom colesterol.
5) Aumenta a resistência muscular.
6) Tendões e ligamentos ficam mais flexíveis.
7) Exercício traz bem-estar mental e ajuda a tratar a depressão.
8) Alivia o estresse e a ansiedade.
9) Combate a insônia.
10) Atividades físicas ajudam a produzir serotonina – o hormônio do bem-estar.
Com tantos benefícios não tem como não querer movimentar o corpo. Saiba que nunca é tarde para começar uma atividade física.
http://saudebrasilnet.com.br/especiais-de-saude/conheca-10-beneficios-da-atividade-fisica/

 Sabendo disto, quem sabe procurar o Clube Escola da Cidade Tiradentes?
Modalidades:
Tai Chi Chuan
Futsal
Ginástica
Karatê
Judô
Endereço: Avenida dos Metalúrgicos, 2255 - Cidade Tiradentes
CEP: 08471-000
Telefone: (11) 2282-0204
Valor: Gratuito
Funcionamento: Segunda a Domingo
Horário: Consultar Unidade
Cidade: São Paulo
Estado: SP
Maiores informações no próprio Clube Escola.
Ligue e se informe.
Equipe Blog do Maurício
Verão 2014/2015

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

#AcontecenoMaurício

Blog esteve no Prêmio Paulo Freire
A equipe do Blog participou do evento concorrendo com o Projeto Blog do Maurício com outras Escolas Municipais da Rede Municipal de São Paulo.
Toda equipe do Blog esteve presente e ainda tivemos a participação de alguns pais no evento.
A nossa escola ficou em 8º lugar e ficamos honrados em participar, pois tivemos a chance de representar a Cidade Tiradentes/ Guaianases.
Durante o evento, tiramos fotos com Presidente da Câmara de São Paulo e o Secretário da Educação do Municipal de São Paulo, no período de 2014, Cesar Callegari.
No final do evento ainda houve um coquetel para todos os presentes.
Foi uma honra e esperamos participar de outros eventos como este.
Veja algumas fotos do evento:
Equipe Blog do Maurício
Verão 2014/2015

domingo, 18 de janeiro de 2015

#CantinhodaCultura

Chiquinha Gonzaga
Compositora de música popular nascida no Rio de Janeiro, RJ, criadora de Abre alas! (1899), a primeira marcha carnavalesca brasileira e sucesso até os dias de hoje.
Filha natural de Rosa Maria de Lima com o militar de carreira José  Basileu, que mesmo sob forte pressão da família, assumiu a criança e a registrou como sua filha e deu-lhe rigorosa educação.
Aprendeu a ler e a escrever, fazer contas e, principalmente, tocar piano, e a música tornou-se sua grande paixão. Estudou regência e iniciou a carreira (1858) como compositora de polcas, muito apreciadas na época. Na então sociedade patriarcal, seguindo a vontade de seu pai casou-se (1863), com apenas 16 anos, com Jacinto Ribeiro do Amaral, de 24 anos.
Esse casamento não podia dar certo e a separação foi à única saída. Foi expulsa de casa por seu pai, que, a partir daquele momento, renegou sua paternidade. Com o filho João Gualberto ainda no colo, ela partiu em busca de uma nova vida e assim encontrou-se com o meio boêmio carioca, onde deslanchou sua vocação artística. Compôs partituras para peças teatrais, operetas e revistas com relativo sucesso, totalizando cerca de oitenta partituras para teatro musicado e mais de duas mil peças menores.
Participou ativamente na luta pelo direito autoral e participou da campanha abolicionista, atitudes que a tornaram alvo dos preconceituosos da época. Autora de numerosa e variada obra musical que contribuiu para fixar o cancioneiro popular brasileiro com maxixes, modinhas e o nascente samba urbano. Essa compositora também teve o mérito de aproximar a música erudita da popular e foi uma das primeiras a introduzir o violão nos salões cariocas.
Foi à primeira mulher do Brasil a estar à frente de uma orquestra.
Em 1885, a compositora e pianista Chiquinha Gonzaga estreou como maestrina. Precursora do chorinho, ela compôs mais de duas mil canções populares, entre elas a primeira marcha carnavalesca do País – “Ô Abre Alas”. Escreveu ainda 77 peças teatrais.
Além da música, Chiquinha participava ativamente do movimento pela libertação dos escravos. Vendia de porta em porta suas partituras, a fim de angariar fundos para a causa.
                                
Mulher, abolicionista e compositora, além é claro de ser filha de mulata com branco, todas as características que fizeram passar por preconceitos em sua época.
Desistiu?
Não, apenas ficou mais forte e usou suas composições para lutar contra o preconceito.

Equipe Blog do Maurício
Verão 2014/2015

sábado, 17 de janeiro de 2015

#TalentosdoMaurício

Campanha no Maurício
Os alunos dos 2º e 3ºanos ficaram responsáveis pela elaboração de cartazes para combater o bullying na EMEF Maurício Goulart.
O trabalho foi realizado depois de discussões, observações na escola e fundamentação teórica sobre o que é bullying e quais são suas vítimas.
Neste especial de férias esperamos que gostem...

Equipe Blog do Maurício
Verão 2014 /2015 

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

#Metrópole

O Mundo Segundo Mafalda
Há 50 anos, o cartunista argentino Joaquín Salvador Lavado Tejón, o Quino, inventou aquela que seria sua mais célebre personagem: Mafalda. Uma criança crítica, porém delicada. Ácida, mas ao mesmo tempo sutil. Cheia de sonhos, esperanças, incertezas e questionamentos. Esse universo paralelo criado pela garota agora pode ser conferido na exposição comemorativa ao seu meio século de existência.
A mostra foi idealizada pela conterrânea de Quino, Sabina Villagra, e trazida ao Brasil pela Fundação Theatro Municipal de São Paulo em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e o programa São Paulo Carinhosa, da primeira-dama da capital Ana Estela Haddad.
De acordo com Villagra, a exposição foi pensada para as crianças. "Elas devem ter a oportunidade de conhecer as peculiaridades da Mafalda e o trabalho de Quino, o que seria uma outra forma de ver o mundo", afirma a curadora.
Porém, não são só as crianças que vão aproveitar a mostra. Nas palavras do Secretário Municipal de Cultura de São Paulo, Juca Ferreira, a "jovem senhora" Mafalda é capaz de agradar a todas as idades e gostos.
Ao entrar na exposição, o público pode se deparar com diversos ambientes que recriam as tirinhas de Quino, como o carro em que Mafalda passeava com sua família, a televisão ao redor da qual ela se reunia com os amiguinhos,  uma antiga vitrola, diversos globos "terráqueos" que representam a visão que a Mafalda tem sobre o mundo, e muito mais.
E para aguçar ainda mais a curiosidade do público, Ana Estela Haddad destaca uma parte da exposição que distribui em colunas os 10 principais tópicos da Declaração Universal dos Direitos das Crianças. "É um trecho que me encanta, pois ressalta ao público aquilo que é básico e essencial a cada criança, por meio de uma personagem tão adorada por pequenos e adultos", afirma.
Informações:
Título: "O Mundo Segundo Mafalda"
Local: Praça das Artes ((Avenida São João, 281 – Centro de SP)
Horário: 9 às 20 horas
Entrada: Grátis
Exposição que acontecerá até o dia 28/02/2015
Oficialmente gostaria de convidá-lo: vamos?
Equipe Blog do Maurício
Verão 2014 /2015